Há alguns meses o reporter Danilo Gentili foi agredido pela Guarda Civil de São Bernardo do Campo por mostrar que havia risco de desabamento com chance de morte de crianças. Este mesmo reporter entrevistou o prefeito Luiz Marinho, que se comprometeu a concluir a obra em alguns meses, e mais que isso, garantiu que não havia riscos de que alguma criança se machucasse. Pois bem. Passados quatro meses do imbróglio, diversas salas são invadidas por lama que desceu da obra em um dia de chuva. Por sorte, isso aconteceu pela noite.

A matéria no Diário do Grande ABC mostra mais detalhes a respeito deste trágico incidente.

Repetindo: o prefeito Luiz Marinho garantiu que não havia riscos.